Jornal diario
  • Grupo Oriental  

  • Grupo Central  

  • Grupo Ocidental  

PESQUISAR

RSS
Director: Pedro Botelho pedrobotelho@jornaldiario.com AÇORES traco SEGUNDA-FEIRA traco 22 DE MAIO
Publicidade
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
A rir e a chorar
Artigos anteriores
Ver outros cronistas »
Opinião

A rir e a chorar

Hoje, 21 de Março, celebra-se a entrada “oficial” na Primavera e comemora-se a Poesia, em Dia Mundial que explicitamente se lhe dedica. Faz-me recordar um certo Dezembro, há cerca de 20 anos, em S. Paulo, Brasil. Verão tropical, temperaturas altas, atmosfera abafada, tornada pior ainda pelos gases dos muitos, muitos milhares de viaturas em excesso. Em quase todas as montras, imitações de Natal e de… Inverno: tudo muito branco-neve e vermelho-papai-Noel… Tantas vezes dei por mim a rir sozinho em frente dessas montras! Os coitados dos brasileiros sujeitavam-se (com alegria?) à forma do calendário – dos outros. Pela pátria lusa, passa-se o mesmo neste 21 de Março, pelo menos com a poesia: os portugueses sentem-se obrigado a comemorar a “coisa”, põe-se, distraidamente, “likes” em livros e eventos com poesia, & etc… No Natal brasileiro, depois da “coisa” comemorada, esquece-se rapidamente e logo rapidamente se mergulha nas águas quentes do mar… Por aqui, com a poesia, é assim também: rapidamente se volta a telenovelas, mexericos, trafulhices... e ler (poesia), ‘tá quieto!

Por agora, os desgraçados irmãos brasileiros, ainda longe do seu Natal, travestem o seu dia-a-dia com um “carnaval” a destempo: oxalá não se torne trágico!

http://bloguecam.wordpress.com/ | camlisbon@yahoo.com

(Por vontade do autor, este texto desobedece à actual Norma Ortográfica Portuguesa).

2016-03-21 09:31:38

Imprimir notícia