Jornal diario
  • Grupo Oriental  

  • Grupo Central  

  • Grupo Ocidental  

PESQUISAR

RSS
Director: Pedro Botelho pedrobotelho@jornaldiario.com AÇORES traco QUINTA-FEIRA traco 14 DE DEZEMBRO
Publicidade
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
Plano Açores Export foi apresentado ontem

Plano Açores Export foi apresentado ontem

O vice-presidente do Governo Regional apresentou o plano Açores Export e anunciou um entreposto para as empresas açorianas em Alverca.

O vice-presidente do Governo anunciou, em Angra do Heroísmo, que, “ao longo do próximo trimestre, as micro e médias empresas dos Açores poderão contar com um espaço de armazenamento dos seus produtos no Continente a preços reduzidos”.

Sérgio Ávila salientou que se trata de "um armazém situado em Alverca", que pretende "servir de ponto de apoio aos pequenos produtores que queiram expandir o seu negócio para o território nacional”.

O vice-presidente falava na apresentação do Açores Export 2016, um plano que visa “reafirmar de forma substancial o potencial de exportação de alguns dos principais sectores económicos da Região, com especial relevância para o sector agroalimentar”.

Este plano, segundo Sérgio Ávila, vem reforçar a estratégia governamental de “promoção e valorização" dos produtos açorianos, "tanto nos mercados tradicionais quanto no acesso a novos mercados, sempre com o objectivo primordial de aumentar a base económica de exportação, reforçando, por essa via, a competitividade do tecido empresarial dos Açores”.

“Este plano distingue-se pelo reforço da estratégia de exportação que, com a Marca Açores, ganha uma nova dinâmica”, afirmou o vice-presidente, frisando que, após um ano de implementação desta marca, com 500 produtos já certificados, “os dados mostram que estamos no caminho certo”.

O Açores Export 2016 contempla acções que vão desde a participação de empresas açorianas em 13 eventos promocionais que terão lugar na Região, em Portugal Continental, na Europa, nos EUA e no Canadá, até à realização de workshops direccionados para a formação para a internacionalização.

Também está prevista a organização de uma missão que pretende promover a vinda aos Açores de importadores nacionais e internacionais, potenciais investidores e empresários de mercados prioritários para os Açores, como a Europa, a América do Norte e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) que se revelem interessados nos produtos e serviços regionais.

O Plano Açores Export 2016 é uma iniciativa da Vice-Presidência do Governo dos Açores, desenvolvida através da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA) e com a colaboração da Câmara de Comércio e Indústria dos Açores.

“Acreditamos que o Açores Export é um documento que vem ao encontro das necessidades das empresas açorianas”, afirmou Sérgio Ávila, para quem este plano “irá, sem dúvida, contribuir efectivamente para o alargamento da base económica de exportação e, consequentemente, para o aumento da competitividade e produtividade do tecido empresarial açoriano”.

Na sua intervenção, o vice-presidente recordou que o Governo dos Açores tem dinamizado um "conjunto de medidas de apoio à exportação”, designadamente o novo Subsistema de Incentivos para Internacionalização, que “permite o desenvolvimento de projectos de prospecção de mercados externos, comercialização e marketing e a promoção de negócios desmaterializados com clientes e fornecedores”.

Incentivos não reembolsáveis que podem chegar aos 50% das despesas elegíveis aos projectos de internacionalização e de cooperação empresarial, bem como prémios e majorações que podem aumentar aquelas taxas até um máximo de 90%, estão também previstos.

Sérgio Ávila garantiu que o Governo dos Açores “tudo tem feito para estimular a actividade económica e para apoiar" as empresas açorianas, mas sublinhou que, “nesse esforço, é fundamental a participação dos agentes económicos, numa parceria que – como no caso presente do Plano Açores Export 2016 – congrega tanto melhores condições para ter sucesso quanto mais activa e consistente se evidenciar”.

JornalDiario

2016-02-25 11:00:00

Imprimir notícia