Jornal diario
  • Grupo Oriental  

  • Grupo Central  

  • Grupo Ocidental  

PESQUISAR

RSS
Director: Pedro Botelho pedrobotelho@jornaldiario.com AÇORES traco TERÇA-FEIRA traco 17 DE OUTUBRO
Publicidade
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
Açores presentes na Feira do Livro em Lisboa
Cultura
Cultura

Açores presentes na Feira do Livro em Lisboa

O certame começou a 26 de Maio e prolonga-se até 13 de Junho, no Parque Eduardo VII, na capital portuguesa.

A Secretaria Regional da Educação e Cultura, através da Direcção Regional da Cultura, promove a participação dos Açores na 86.ª Feira do Livro de Lisboa, uma iniciativa da Associação Portuguesa de Editores e Livreiros (APEL), que decorre de 26 de Maio a 13 de Junho, no Parque Eduardo VII.

A presença dos Açores neste importante certame, que deverá receber cerca de meio milhão de visitantes, terá especial destaque a quatro e cinco de Junho, dias em que se promove, no âmbito da programação cultural da Direcção Regional da Cultura, o lançamentos de livros e a realização de espectáculos musicais ligados aos Açores.

A quatro de Junho, terá lugar, pelas 20h00, no Auditório da APEL, a apresentação, por João Teles e Cunha, do segundo volume das "Obras Completas de Maria Olímpia da Rocha Gil, O Arquipélago dos Açores no Século XVII: Aspectos Sócio-Económicos", numa sessão em que estará presente o Secretário Regional da Educação e Cultura, Avelino Meneses, e o coordenador da edição, Artur Teodoro de Matos.

Mais tarde, pelas 22h00, decorrerá, na Praça Laranja, um concerto pelo músico João da Ilha, com a participação do acordeonista Nuno Carpinteiro.

No dia seguinte, pelas 19h00, no Auditório da APEL, serão lançados, com apresentação de Nuno Costa Santos, os livros “Onde sequer o luar”, de Leonardo Sousa, e “O Ciclone e a Ilha”, de Fraga Goulart, que representam os volumes 4 e 5 da colecção de literatura LABJOVEM, editada pela Direcção Regional da Cultura e resultante das avaliações dos júris do Concurso de Jovens Criadores dos Açores, um projecto do Governo dos Açores, através da Direcção Regional da Juventude.

Ainda neste dia, pelas 20h30, actuará na Praça Laranja a cantora Sara Cruz.

O principal objectivo desta participação consiste na divulgação de obras de temáticas ou de autores açorianos, sendo vários os editores representados no Pavilhão Cultura Açores.

Neste pavilhão, que ocupa três stands, para além da Direcção Regional da Cultura, estarão presentes entidades como a Amigos dos Açores − Associação Ecológica, a Associação Os Montanheiros, a Azorina – Sociedade de Gestão Ambiental e Conservação da Natureza, o Centro Regional de Apoio ao Artesanato, a Companhia das Ilhas, a Geotrota, o Instituto Açoriano de Cultura, o Instituto Cultural de Ponta Delgada, o Instituto Histórico da Ilha Terceira e Jorge Barros, Produções Audiovisuais.

Os municípios de Angra do Heroísmo, Horta e Santa Cruz da Graciosa, o Núcleo Cultural da Horta, o OMA – Observatório do Mar dos Açores, a Publiçor, a Sociedade Afonso Chaves, a Turiscom - Turismo, o Turismo dos Açores, a Universidade dos Açores, a Ver Açor e Yolanda Corsépius também estão presentes neste pavilhão.

As publicações dos editores representados poderão ser adquiridas com desconto de 20%, enquanto as publicações da Direcção Regional da Cultura terão um desconto de 30%.

Para além desta diminuição significativa no preço de venda ao público, o Pavilhão Cultura Açores seleccionará quotidianamente um “Livro do Dia”, bem como um livro em promoção, que estarão à venda com descontos de 50%.

Os livros do dia e as promoções da Feira do Livro serão extensíveis às lojas da Direcção Regional da Cultura, nos museus da Rede Regional de Museus dos Açores, Bibliotecas Públicas e Arquivos Regionais de Angra do Heroísmo, Ponta Delgada e João José da Graça, na Horta, e ainda no Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas, bem como à livraria virtual.

Entre as obras seleccionadas para o “Livro do Dia”, merecem destaque a recente edição de "Emanuel Félix – Obra Completa", em três volumes, os álbuns "Palácio dos Capitães-Generais" e "A fotografia nos Açores", bem como os catálogos "Paulo Gouveia: A reinvenção do vernáculo", "Natália Correia: A feiticeira cotovia" ou "Ana Vieira: Muros de abrigo/Shelter walls" que permitem revisitar algumas das mais relevantes exposições levadas a cabo, nos últimos anos, pela Direcção Regional da Cultura.

Estarão ainda em promoção, entre muitas outras obras, os volumes do Inventário do Património Imóvel dos Açores, referentes à Graciosa, Ribeira Grande, Nordeste e Calheta, as atas do encontro "Os Açores, a I Guerra Mundial e a República Portuguesa no contexto internacional" e do Colóquio Hintze Ribeiro (1849-1907), para além do livro vencedor da primeira edição do Prémio de Humanidades “Daniel de Sá”, intitulado "Mau tempo e má sorte: contos pouco exemplares", de Leonor Sampaio.

O Pavilhão Cultura Açores da 86.ª Feira do Livro de Lisboa poderá ser visitado de segunda a sexta-feira e nas vésperas de feriado das 12h30 às 24h00, aos sábados das 11h00 às 24h00 e aos domingos e feriados das 11h00 às 23h00.

O seu funcionamento é assegurado por uma funcionária da Direcção Regional da Cultura, que conta com a colaboração de quatro jovens estudantes açorianos.

JornalDiario

2016-06-10 09:00:00

Imprimir notícia