Jornal diario
  • Grupo Oriental  

  • Grupo Central  

  • Grupo Ocidental  

PESQUISAR

RSS
Director: Pedro Botelho pedrobotelho@jornaldiario.com AÇORES traco QUARTA-FEIRA traco 22 DE MARÇO
Publicidade
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
Mais de 300 projectos apresentados ao Competir+
Economia
Economia

Mais de 300 projectos apresentados ao Competir+

O presidente do Governo Regional anunciou que mais de 300 projectos de investimento privado já foram apresentados ao Competir+.

O Presidente do Governo anunciou que já foram apresentados, em cerca de 18 meses de funcionamento do Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial - Competir+, mais de 300 projectos privados, que significam, na sua totalidade, cerca de 100 milhões de euros de investimento nos Açores.

Vasco Cordeiro falava, na ilha de S. Miguel, na inauguração da Unidade de Tratamento de Resíduos da empresa Serralharia do Outeiro, um investimento superior a 1,5 milhões de euros, apoiado pelo Competir+.

“Trata-se de mais um investimento privado que acaba por ser um sinal deste ambiente de relançamento que se vive na nossa economia, apesar do muito que há ainda para fazer”, destacou o Presidente do Governo, ao salientar, assim, a boa utilização e adesão à estratégia definida no sistema de incentivos regionais actualmente em vigor.

Estes sinais de confiança, segundo Vasco Cordeiro, são, também, aferíveis por um conjunto de outros indicadores, como, por exemplo, o Indicador de Actividade Económica, que, nos últimos sete meses, tem apresentado valores positivos superiores a quatro por cento, o que é “bastante significativo deste trajecto que tem sido feito na Região”.

“Também ao nível do emprego, com a consciência dos grandes desafios que ainda temos pela frente, existem dados que nos animam neste percurso”, destacou o Presidente do Governo, apontando o exemplo do número de desempregados inscritos, em Junho, nos Centros de Emprego dos Açores, que foi o mais baixo dos últimos 44 meses.

“Esse dado é importante, mas gostaria de valorizar o crescimento da oferta de emprego em Junho de 2016, comparativamente a Junho de 2015, que teve um crescimento de cerca de 116%”, sublinhou Vasco Cordeiro.

Na inauguração daquele empreendimento privado na área da gestão de resíduos, o Presidente do Governo salientou, por outro lado, o facto de este investimento se enquadrar na chamada 'economia verde', um trabalho que tem, também, sido desenvolvido pelas entidades públicas regionais e locais na Região.

Nesse sentido, destacou o investimento de cerca de 38 milhões de euros do Governo dos Açores na construção de Centros de Processamento de Resíduos em sete ilhas do Arquipélago, os quais, a juntar aos Ecoparques de S. Miguel e de Santa Maria, permitiram criar cerca de 150 novos postos de trabalho nesta área.

“Se é certo que esses são bons indicadores, os resultados obtidos também nos animam a prosseguir nesta caminhada”, afirmou Vasco Cordeiro, ao adiantar que os Açores reciclaram, em 2015, mais de 10 mil toneladas de resíduos de embalagens, o que corresponde a um aumento de cerca de 9%, relativamente a 2014.

A Região atingiu, em 2015, uma valorização de 42 quilos de embalagens por habitante, um valor claramente acima da média nacional, que rondou os 30 quilos, e das próprias metas nacionais fixadas para o ano de 2017, de 33 quilos por habitante, frisou o Presidente do Governo.

JornalDiario

2016-08-08 09:00:00

Imprimir notícia